SEJA UM LÍDER CONGRUENTE

Gestor e Líder Congruente – Neste artigo, vou lhe ajudar a traçar o caminho da concordância entre o discurso e o comportamento, sugerindo ações para a maior pontualidade das palavras e atitudes. Aqui vamos tratar dos desafios e das qualidades do caráter de um líder de sucesso.

Primeiramente, devemos ter a mente aberta e reconhecer o maior vilão das relações humanas, “nós mesmos”, e aprender lidar com o nosso orgulho, assumindo as nossas inúmeras falhas. Sem resolver essas duas questões iniciais é impossível nos tornarmos verdadeiros líderes.

O líder congruente não é um Ser perfeito, mas sim,  um indivíduo que busca constantemente resolver seus próprios dilemas, antes de querer resolver os dos outros. Este tipo de líder, é uma espécie de referência comportamental.

O Perigo de Falar o Que Não Faz

Segundo pesquisas, o aprendizado ocorre em no máximo 7% daquilo que ouvimos ou falamos, o restante acontece através do que vemos e das nossas próprias experiências. Este dado nos revela a importância dos nossos comportamentos para aqueles que nos cercam (liderados, pares e superiores).

Sem sombra de dúvidas, o Líder Congruente não necessariamente é o indivíduo que possui uma oratória impecável, muito menos o camarada que ocupa o cargo mais alto da pirâmide organizacional. Mas sim, qualquer pessoa que influencia outras para fazerem o bem, basicamente através do bom exemplo e das qualidades de caráter. Isso acontece quando existe convergência entre o que é dito e o que é praticado!

Nas organizações brasileiras, é comum alguém ser promovido a posições de liderança porque performou em alguma tarefa ou porque possui certificações e até mesmo, porque é “amigo” ou parente do chefe. Está mais que provado que este modelo de construção de liderança, não funciona.

Às vezes achamos que uma boa técnica ou bom discurso é suficiente para influenciar e motivar as pessoas no trabalho. Muito pelo contrário! Como ficou diagnosticado na pesquisa acima, as pessoas aprendem mais vendo e participando do que ouvindo.

Entretanto, isso não quer dizer que o líder tem que ser uma pessoa sem estudo e sem técnica, todavia, como já sabemos, liderança é mais do que simplesmente técnica. Na verdade, a oratória e a técnica só aumenta a nossa responsabilidade de sermos melhores.

Infelizmente não é isso que ocorre, em muitos casos parece que quanto mais o indivíduo estuda, mais difícil se torna a relação com ele. Portanto, se temos abundância de conhecimento, assim também deverá ser as ações.

Basicamente, devemos obedecer a seguinte regra, (não adianta falar para os outros não mentir, se mentimos, não adianta falar pra chegar no horário, se chegamos frequentemente atrasado, não adianta falar para manter o local de trabalho organizado, se a nossa mesa está sempre uma bagunça...), ou mudamos a nossa conduta ou nunca seremos autoridade na vida das pessoas.

Não tenho interesse em diminuir a importância das técnicas, mas sim, fortalecer a nossa disciplina em outros fatores da liderança. Se nós falamos A e fazemos B, certamente as pessoas não vão obedecer as nossas diretrizes, esse tipo de comportamento é autossabotador. Quanto mais falamos, menos conseguimos de contribuição. Entretanto, quanto menos falamos e mostramos, mais as pessoas participam.

A Importância de Ser Referência

Via de regra, o papel do Líder Congruente é importante porque se dá através dos seus comportamentos e não somente de palavras, muito menos de aparência.

Este modelo de liderança está firmado unicamente na verdade e é uma espécie de referência humana, social e organizacional.

No Brasil lamentavelmente, vivemos uma crise de caráter nas últimas décadas. A mais sincera verdade é que, a própria sociedade restringe pessoas com fortes características de caráter. Se você deseja ou é uma pessoa de caráter, precisará ser muito corajosa. Sabe porque?  Por que existe uma grande possibilidade de você ser mal interpretada.

Você pode até não aceitar esta parte da minha tese, o contraditório também é importante! Mas, na prática é impossível negar a sua existência. Quantos amigos já foram prejudicado por falar a verdade ou por serem éticos? Quantos já foram motivos de “chacotas” por não aceitarem alguma situação ilícita? Quantos já tiverem que pedir demissão dos seus cargos para não serem obrigados a fazerem algo que iria contra os seus valores?

Por esses motivos, a nossa sociedade está corrompida, existe um forte expoente de inversão de valores. Não são poucas vezes, que notamos alguém de certa autoridade, dando péssimos exemplos, seja nos templos religiosos ou igrejas, nos organismos públicos, nos partidos políticos, nas empresas e até dentro das nossas próprias casas!

A Influência da Vida Acadêmica e da Tecnologia

A tecnologia por sua vez também tem sua participação, muito mais positiva do que negativa. Através dela podemos ter acesso a um verdadeiro oceano de conteúdos de alta relevância, porém, não colocamos em prática 10% das coisas que estudamos.

A internet é uma grande ferramenta de facilitação ao estudo.  Por sua vez a literatura é riquíssima em conteúdos e os canais de aprendizagem são inúmeros. Tanto os canais físicos, como os digitais (livros, e-books, apostilas, cursos, seminários, webnários, palestras, treinamentos, workshop’s e entre outros). Com tudo isso ao nosso dispor, estudamos, estudamos, mas, não aprendemos nos comportar de maneira adequada.

Concordo que não seja muito fácil encontrarmos este tipo de assunto nas universidades ou nas plataformas digitais. A não ser, as disciplinas Ética, Moral e outras que em muitos cursos são superficiais, adicionadas no calendário educacional com o simples objetivo de preenchimento de espaço.

Na minha opinião, a sociedade brasileira precisa rever alguns conceitos da sua cultura, entre eles, estão: Educação e Valores. Temos visto que o Brasil está passando pelo um momento difícil em relação estes dois pontos. Torço que consigamos juntos avançar e sair dessa triste situação.

Aliás, é importante frisar que o conteúdo estudado nas universidades atuais, na sua grande maioria não estão sendo suficiente para preparar o aluno com o básico. O resultado deste dado é a gigantesca quantidade de jovens formados, porém, sem capacidade operacional para o trabalho.

Ser um líder congruente, vai muito além de passar três, quatro, cinco e até seis anos no banco de uma universidade. Se desejamos ser um sucesso na jornada da liderança, precisamos nos atentar para a aprendizagem contínua e de diversas formas. Por fim, posso afirmar, que nas organizações tanto pública ou privada, o líder congruente é um indivíduo raríssimo!

Enfrentando Nossos Limites

Não há dúvidas, que se o líder conseguir se auto liderar, conseguirá conduzir também com eficiência as pessoas para o sucesso, porém, o contrário também é verdade.

Nos meus escritos, procuro sempre dar foco exatamente no aspecto da ação e não nas palavras. Por isso afirmo mais uma vez, que nós gestores, pais, pastores, empreendedores, empresários, padres e outros diversos tipos de líderes, precisamos fortalecer o nosso agir, alinhado com nossas palavras e valores.

(Se você fala para sua equipe se comprometer com os resultados; você deve ser o mais comprometido. Se você é um líder religioso e cobra santidade, humildade e amor para com o próximo dos seus auxiliares; você deve ser o mais fiel).

O que fazer para ser um sucesso e conseguir congruência? Como devo me comportar? O que literalmente está destruindo a minha reputação como líder? As respostas para essas e outras perguntas estão dentro de você. Faça uma autoavaliação com o objetivo de crescer seu autoconhecimento.

Super Dicas Para o Seu Sucesso no Processo de Aprendizagem.

  • Antes de liderar alguém; alinhe a sua maneira de pensar, falar e agir.
  • Aumente o seu nível de: paciência, respeito, amor ao próximo, tolerância para conseguir gerar empatia e criar harmonia entre às pessoas.
  • Possua autoliderança, ela é essencial para geração de credibilidade e confiança.
  • Dê foco nas características de inteligência emocional, seja: equilibrado, resiliente, empático e bem humorado.
  • Fique atento ao corpo, “ele fala”: gestos, postura, expressões faciais, olhar e outros comportamentos.
  • Dê atenção à sua mente, “ela viaja” em diversos mundos, passando a sensação de que não estamos nos importando com o que está sendo dito, com isso a escuta atenta é prejudicada.
  • Seja o exemplo ou referência.

Últimas Palavras Sobre Congruência

Este texto certamente, vai lhe ajudar a enfrentar com muito mais clareza alguns empecilhos que estão no caminho para o sucesso, tanto pessoal como profissional. O diagnóstico encontrado, é que as nossas ações influenciam muito mais do que o nosso discurso, por isso, devemos tomar alguma atitude positiva em relação a formação das nossas personalidades e do nosso caráter.

Poderíamos listar umas dezenas de exemplos de falta de congruência entre discursos e práticas, mas este não é nosso foco. O meu intuito não é fazer com que as pessoas gostem do meu texto ou do tipo de escrita, mas sim, poder contribuir com a mudança que a nossa sociedade tanto precisa.

Temos que fazer a diferença, a diferença é essencial para o Brasil. Sei que não é fácil olhar pra dentro da gente e se identificar como o real problema e causador de todo o fracasso. Se você ainda não é uma pessoa congruente, enfrente esta situação e vença este mal, pois você pode vencê-lo.

Eu posso mudar o mundo, primeiramente me transformando. E você? Qual é a sua parte?

Um abraço e fique com Deus.

Quer Conhecer As Três Principais Características Do Líder Moderno?

Ricardo Campos

Olá, meu nome é Ricardo Campos, sou COACH & Analista Comportamental DiSC®, minha maior missão é apoiar a formação de novos Líderes, Gestores e Empreendedores. Eu sou o seu Coach Essencial!!!

Website:

Deixe uma resposta